#MEUCORPOMEURITMO


Eixo intestino-cérebro? Sabe o que ele tem a ver com obesidade?


A obesidade é entendida hoje como uma condição complexa que depende de vários fatores.

Um desses fatores seria a microbiota intestinal, um dos componentes do eixo intestino-cérebro.

Evidências atuais sugerem que a flora intestinal humana, um ecossistema complexo que reside em nosso trato digestivo, pode influenciar no ganho de peso. A chamada disbiose, um desequilíbrio da flora intestinal decorrente de alimentação inadequada, estresse, uso indiscriminado de antibióticos e laxantes, entre tantos outros, pode ser uma das formas pela qual o organismo conseguiria extrair melhor a energia proveniente dos alimentos, contribuindo para o ganho de peso.Entender o funcionamento do eixo intestino-cérebro é tarefa complexa, mas a mensagem que deve ficar é que uma microbiota intestinal saudável pode ajudar a combater a obesidade e suas complicações.

Ref: Bliss ES, Whiteside E. The gut-brain axis, the human gut microbiota and their integration in the development of obesity. Front Physiol 2018;9:900. doi: [10.3389/fphys.2018.00900]



Veja também:


Probióticos são úteis para diarreia. Mas, e para prisão de ventre?

Como melhorar a imunidade em tempos de Coronavírus?

Eixo intestino-cérebro? Sabe o que ele tem a ver com obesidade?

Probióticos e a saúde intestinal

Mitos e verdades sobre probióticos

Probióticos e Saúde Intestinal

Probióticos e o Sono